09042020

Há quatro décadas que resido nos limites do concelho de Gondomar.

A minha ligação ao concelho é quase exclusivamente administrativa: as minhas memórias e vivências encontram-se do outro lado da Circunvalação.

A nove de abril de 2020, em virtude da pandemia de Covid-19, o Governo Português decreta o Estado de Emergência. Para prevenir um fluxo excessivo de pessoas no período pascoal, é impedida a circulação geral de pessoas entre concelhos.

Pela primeira vez na minha existência, não devo atravessar a Circunvalação.

Dei por mim a pensar nos limites do concelho, como um muro que separa o meu lar do resto do País.

Este muro estende-se a oeste pelo município do Porto, a sudoeste por Vila Nova de Gaia, a nordeste por Valongo e Paredes, a noroeste pela Maia, a sudeste por Penafiel e Castelo de Paiva e a sul por Arouca e Santa Maria da Feira.

Decidi visitar as fronteiras do concelho, documentar as viagens aos extremos e absorver o seu território.

Criar uma memória visual que se una à ligação domiciliária.

Scroll Up